Buenos Aires – Restaurantes

Come-se muito bem na Argentina, e Buenos Aires conta com os melhores restaurantes do país e alguns no mundo! Para atiçar o paladar de vocês, trouxe alguns para que possam conferir numa próxima viagem. Os melhores sorvetes, o melhor doce de leite, vinhos maravilhosos, empanadas e o verdadeiro asado!

Bar Plaza Dorrego – Se você vai a feira de San Telmo num domingo, depois de tanto andar bateu aquela fome, pare no Bar Plaza Dorrego e prove as deliciosas empanadas! Calle Defensa, 1096, San Telmo.

Café Tortoni – Verdadeiro cartão postal da cidade, peça o churros com chocolate e o chá com leite que são os carros chefe do local. Você pode se informar sobre os shows de tango que acontecem por ali. http://www.cafetortoni.com.ar/ Continuar lendo

Anúncios

Buenos Aires – Compras

Chegou a hora de gastar uns pesos nessa cidade que tem muito o que oferecer em matéria de compras. Com o peso desvalorizado, conseguimos inúmeras pechinchas, se soubermos como aproveita-las.

Deve-se buscar bem antes de trocar seu dólar ou seu real por peso. Existem inúmeras casas de câmbio, legais ou ilegais, e deve-se ter cuidado para não acabar saindo com notas falsas!! As casas de câmbio tradicionais cobram mais caro que algumas agências do centro. A maioria das lojas fazem boas cotações para você comprar nelas diretamente com seu dólar ou real. Continuar lendo

Buenos Aires – o que fazer com as crianças?

Quem tem filhos ou crianças com as quais costuma viajar sempre se pergunta:

Para onde viajar com crianças?

Será que o lugar que escolhi tem atrações para elas?

Como já ouvi esta pergunta algumas vezes resolvi escolher uma cidade aqui perto e que tem bastante opções de diversão para os pequenos. A escolhida foi BUENOS AIRES – ARGENTINA!

O que podemos fazer com crianças por lá?

Museo de los niños: museu interativo que recria uma cidade onde as crianças podem brincar de ser um pedreiro, médico, capitão, marinheiro, bancário, cozinheiro, radialista, jornalista, enfermeira, atriz, mãe e pai entre outros. O museu incentiva a curiosidade, o interesse e a imaginação da criança.

Com base na Declaração dos Direitos da Criança, foi concebido para incentivar cada criança a desenvolver seu próprio potencial: “aprender fazendo” e “brincar e se divertir aprendendo”.

Para crianças até 12 anos.

Aberto de terça a domingo das 13 às 20 horas. Valores e outras informações aqui.

clip_image001[4]

Barbie Store: com 3 lojas (Palermo, Unicenter e Rosario) as meninas podem tornar seus sonhos realidade e passar um dia cheio de diversão, moda e beleza. Para crianças entre 3 e 12 anos, pode-se reservar para aniversário. No salão da Barbie a menina pode se maquiar, fazer as unhas, pentear e se produzir para a festa. Recebe o tratamento de uma princesa e vive a experiência da Barbie Store. Pode comprar roupas da moda e desfilar em uma passarela exclusiva. Tem um delicioso Barbie’s Café onde as crianças podem fazer um delicioso lanche e conversar com as amigas. E ainda tem a Casa da Barbie onde as meninas podem se divertir, jogar, brincar com as bonecas, navegar pela internet.

Uma opção bem divertida para as meninas. Mais informações aqui.

clip_image002[4]

Jardim Zoológico: com duas entradas, pode ser acessado pela Av. Las Heras y Av. Sarmiento (Plaza Italia) ou pela Av. Libertador y Av. Sarmiento (finais de semana, feriados e férias). Com grande variedade de espécies animais, aquário, fazenda e a criação de um espaço que copia a floresta tropical. As crianças vão adorar este passeio! Para mais informações acesse o site.

clip_image003[4]

Museo Argentino de Ciencias Naturales: localizado na Av. Angel Gallardo 490. É dividido em aquário, anfíbios e répteis, Antartida, paleontologia, aves, plantas, mamíferos atuais entre outros. Aberto todos os dias das 14 às 19 horas. Foi inaugurado um Planetário onde as famílias podem apreciar e explorar os mistérios do cosmo. Informações aqui.

clip_image004[4]

Museo Participativo de Ciencias “Prohibido No Tocar”: “Um lugar para aprender jogando”. Localizado no Centro Cultural Recoleta na Av. Junin 1930. Tem horários variáveis, veja aqui. É uma instituição dedicada à popularização da ciência de forma divertida e participativa. São exposições interativas que incentivam a curiosidade do visitante, dando-lhe a liberdade para jogar e o desejo de saber mais. É uma proposta ativa para o público de todas as idades.

clip_image005[4]

Jardín Japonês: Localizado na Av. Figueroa Alcorta e Av. Casares em Palermo. Todos os dias das 10 às 18 horas. O Jardim Japonês representa um parque típico do Japão, com seus lagos e cachoeiras. O jardim tem muitas espécies de plantas. Na primavera e no verão é um prazer ver o colorido das flores. Tem um restaurante e casa de chá em um pagode típico. Espaço para meditação, curso de culinária japonesa, biblioteca de assuntos japoneses e muito mais. Mais informações aqui.

clip_image006[4]

Museo de la Pasión Boquense: Localizado na Calle Brandsen, 805, La Boca. Bem debaixo das arquibancadas de La Bombonera, guarda um pouco da atmosfera mítica do estádio. Uniformes de diversas épocas, troféus (o da Libertadores tem seis conquistas gravadas) e relíquias enaltecem a história do time azul e amarelo. Os turistas são recebidos por uma estátua de Maradona, mas, para acirrar a discussão futebolística, há uma camisa de Pelé entre os objetos expostos. Pode-se visitar o estádio também. Mais informações aqui.

Parque Tres de Febrero: Localizado na Av. Adolfo Berro, Palermo. Nos fins de semana, seus 80 hectares são tomados por casais, famílias e atletas de ocasião. Ao som de apresentações de tango intercaladas pelo canto dos pássaros, portenhos namoram e apreciam um mate, deitados na grama. Sobre um dos dois lagos artificiais, uma linda ponte-pérgola conduz ao Rosedal (3ª/dom 8h/20h), onde as rosas brotam em grande variedade de cores e tamanhos. Também chamado de Bosques de Palermo, o complexo reúne outros endereços importantes da capital: o Zoo, o Planetario, o Museo Eduardo Sivori, o Jardín Japonés, o Hipódromo, o Campo Argentino de Polo e o La Rural, espaço de feiras de Buenos Aires.

Fragata Sarmiento: Localizado na Av. Alicia Moreau de Justo, 900, dique 3, Puerto Madero. Transformada em museu flutuante, esta fragata de madeira, aço e bronze com 85 metros de comprimento, 12 canhões e 35 velas também foi navio-escola da Marinha. Entre 1899 e 1938, realizou 37 viagens de instrução, percorrendo o equivalente a 42 voltas ao mundo. Repare na câmara baixa dos oficiais, que se conserva como a original, e na casa de máquinas. Não abre quando chove.

clip_image007

Reserva Ecológica: é uma área onde a natureza é protegida e pode ser apreciada de várias maneiras.

Horário de funcionamento:

Abril-outubro: 08h00 – 18:00

Novembro a Março: 8h00 – 19:00

Aberto de terça a domingo. O acesso à Reserva Ecológica Costanera Sur é gratuito.

Localizado na Av. Tristán Achával Rodríguez 1550.

clip_image008

Bioparque Temaiken: Localizado a apenas 50 km de Buenos Aires, na cidade de Belen de Escobar, fornece experiência recreativa e educacional para toda a família. Um ambiente onde as pessoas descobrem e se conectam com a natureza através de uma experiência transformadora. As crianças podem participar de jogos, projetos, experimentos, cuidar da natureza. Mais informações aqui.

clip_image009

São muitas opções de diversão para as crianças e para os adultos.

Aproveitem viajantes!!

Até a próxima!!

Veja também outros posts sobre Buenos Aires no Blog! Buenos Aires

Buenos Aires – Passeios

Considerada como uma cidade europeia perdida na América Latina, Buenos Aires é rica em história e cultura. Fundada em 1536, e refundada em 1580 (entre esse período a cidade ficou abandonada e destruída pelos índios), passou por inúmeras batalhas e lutas por democracia (após um longo período de ditadura militar) e hoje vive com uma economia bastante instável.

A nosso favor, um câmbio maravilhoso que nos faz deixar centenas de pesos cada vez que colocamos os pés naquela cidade. Mas Buenos Aires não está só para compras. Nesse post irei mostrar tudo e mais um pouco que se pode conhecer, através da minha vivência de um ano e meio na cidade (direto, porque se contar entre idas e vindas todos os anos parece que morei lá por 5 anos consecutivos!). Continuar lendo

Bariloche

image

Ver a neve; esse foi o motivo que me levou a querer conhecer Bariloche. E deve ser o mesmo motivo que faz Bariloche ter o apelido carinhoso de “brasiloche” no inverno.

Todo ano o número de brasileiros que procuram pela província Argentina cresce consideravelmente, e é muito comum encontrar brasileiros em todos os lugares por lá. Continuar lendo