Sedes da Copa 2014 – São Paulo.

Olá viajantes!

2014 é ano de Copa do Mundo de Futebol no Brasil!

Continuando nossa série sobre as Sedes da Copa 2014 no Brasil, falarei agora sobre São Paulo!

Falando em futebol! Os principais time são o São Paulo, Corinthians e Palmeiras.

São Paulo é uma metrópole global. Nela encontramos de tudo: alimentação, lazer, hospedagem, cultura, passeios, negócios, turismo….

Localizada na região Sudeste, é conhecida por muitos como a “Terra da Garoa”, homenagem ao clima instável e chuvoso. 

Veja aqui os jogos que acontecerão em São Paulo durante a Copa 2014.

Primeira parada, e mais importante para os apaixonados por futebol, é:

1- Arena Corinthians ou Itaqueirão:

 

Até o momento da confecção deste post o estádio não havia sido entregue.

Com capacidade para 48 mil lugares (na Copa serão 68 mil, graças à colocação de mais 20 mil assentos removíveis), localizado no bairro de Itaquera.

Sediará a abertura da Copa do Mundo 2014 no Brasil.

2- Museu do Futebol:

Para quem gosta de futebol, considero imperdível a visita ao Museu.

Fui ano passado e achei muito legal, principalmente a parte de escutar a arquibancada. Demais!

Lá o visitante poderá ouvir audios de jogos antigos, ver fotos, saber mais sobre todos os times, craques, jogos. Ah! E ainda pode testar sua pontaria batendo um penalti.

Horários e outras informações veja aqui.

Endereço: Estádio do Pacaembu. Praça Charles Miller s/ n.

3- MASP:

O MASP (Museu de Arte de São Paulo) é o mais importante museu de arte ocidental do Hemisfério Sul.

Seu acervo é tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN desde 1969, e possui atualmente cerca de 8.000 peças.

O edifício, por si só, já é um cartão-postal da cidade. O edifício sede do museu, com 11.000 metros quadrados divididos em 5 pavimentos e com vão livre de 74 metros, é um ícone da cidade de São Paulo.

O ingresso integral custa R$15,00 e dá direito a visitar todas as exposições em cartaz no dia da visita.

Mais informações aqui.

Endereço: Av. Paulista, 1578.

4- Mercado Municipal:

O Mercado Municipal de São Paulo, mais conhecido como Mercadão, é um dos mais belos cartões-postais da cidade.

Famoso pelo pastel de bacalhau e sanduíche de mortadela, que já viraram referência. Possui também uma grande variedade de produtos, desde hortifrutigranjeiros até algumas especiarias, que, muitas vezes, só podem ser encontradas lá.

Eu não tive sorte de ver toda esta variedade quando fui em fevereiro, estava muito vazio, com pouca variedade, muitas coisas fechadas. Talvez por ser uma segunda feira? Não sei.

Mais informações aqui.

Endereço: Rua da Cantareira, 306 – Parque Dom Pedro II – Centro – São Paulo (próximo à estação São Bento do metrô).
Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 6h às 18h. Domingos e feriados, das 6h às 16h. Fecha todo último domingo do mês para manutenção.

5- Parque do Ibirapuera:

Navegue pelo mapa do parque aqui.

É o parque mais freqüentado de São Paulo e com o maior número de atrações. O visitante pode escolher entre o Planetário, o Museu de Arte Moderna, o Pavilhão da Bienal, o Pavilhão Japonês e o Viveiro.

Além disso, há várias áreas para atividade física, ciclovia, 13 quadras e playground. São várias atividades, por isto, confira o horário de cada uma aqui.

A entrada de cães é permitida.

Horários: São bem variados os horários de acesso, confira aqui.

Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral – Moema.

6- Centro:

Se você for um viajante que gosta de caminhar, recomendo um passeio a pé pelo Centro de SP. Com um tênis confortável, sem levar muitas coisas e vontade de caminhar, dá para conhecer muita coisa bem legal.

Vou colocar alguns lugares que fui (não dá pra falar de todos) em fevereiro de 2014 e que visitei a pé. Programe-se, faça um roteiro para aproveitar melhor o seu tempo. Eu fui sem roteiro e mesmo assim consegui ver muita coisa.

Catedral Metropolitana de São Paulo:

Mais conhecida como Catedral da Sé.

De uma beleza indescritível! Estive nela em fevereiro de 2014 e não imaginava que fosse tão bela!

Olha a Igreja por dentro!

DSC03447

Recomendo a visita, mas tomando todos os cuidados necessários para andar em cidade grande, evite câmeras chamativas, evite bolsas grandes, preste sempre atenção em sua volta. A “presença” do lado de fora da igreja não é nada agradável, mas no dia que fui estava muito bem policiada.

Não entrei na Cripta, pois estava fora do horário.

Que colunas, que órgão lindos! Esta foto mostra uma parte do imenso órgão.

DSC03464

Podem ser agendadas visitas guiadas, veja aqui.

Horários da Catedral:

De Segunda à Sexta-feira das 8h às 19h.

Aos Sábados das 8h às 17h.

Aos Domingos das 8h às 13h e das 14h às 18h.

Endereço: Praça da Sé, s/n.

Marco Zero:

O Marco Zero que encontramos hoje na praça da Sé é o quarto de uma série de tentativas de fixar uma centralidade material na cidade, com a função de marcar o início da numeração das vias públicas e rodovias estaduais, como referência para a medição das linhas ferroviárias, aéreas e telefônicas.

O marco, em forma de um prisma hexagonal revestido de mármore, foi instalado em frente à Catedral em 1934. Uma placa de bronze exibe um mapa das estradas que partem de São Paulo com destino a outros estados.

Mais informações aqui.

Mosteiro de São Bento:

Com mais de 400 anos de História, o Mosteiro de São Bento é um símbolo de grande importância para a cidade de São Paulo.

Outro lugar muito bonito!

Dei sorte de passar em frente bem na hora da missa e, lógico, parei para apreciar. A única coisa que me incomodou foi o cheiro muito forte de incenso (que me da dor de cabeça) e por causa dele não pude ficar muito tempo ali dentro. Mas, com certeza, vale a pena ir conhecer. Fica na saída do metrô São Bento na linha azul.

Não pode fotografar durante a missa.

Horário das missas e da Basílica veja aqui.

Endereço: Largo de São Bento, s/no. – Centro.

Theatro Municipal:

O Theatro Municipal de São Paulo nasceu embalando os sonhos de uma cidade que crescia com a indústria e o café e que nada queria dever aos grandes centros culturais do mundo no início do Século XX.  A construção do Theatro Municipal foi considerada arrojada para a época. Foi aberto ante de uma multidão de 20 mil pessoas, que se acotovelava às suas portas. Por lá passaram vários nomes importantes da música.

Uma coisa bem legal são os sinais de pedestre ao redor do Theatro (vi também na Liberdade) que ao invés da imagem do pedestre tem a imagem do teatro (na Liberdade era um templo).

Podem ser agendadas visitas guiadas gratuitas ao Theatro Municipal de São Paulo e à Praça das Artes. Veja mais aqui.

Endereço: Praça Ramos de Azevedo, Centro.

Pateo Colégio:

O Pateo do Colégio é o marco inicial no nascimento da cidade de São Paulo, é um sítio arqueológico, onde foi levantada a primeira construção da atual cidade de São Paulo.

Com quase 450 anos de muita história pra contar, o Pateo é sede de diversos eventos, casamentos, além de abrigar o museu, a cripta de José de Anchieta, a igreja no local onde foi realizada a primeira missa da cidade, a biblioteca temática,e abriga ainda diversos projetos sociais.

Mais informações aqui.

Edifício Altino Arantes:

O Edifício Altino Arantes, nome que recebeu na década de 80 e mantém até hoje, conhecido como Prédio do Banespa, é uma atração imperdível para quem procura ter uma vista privilegiada de quase todos os pontos da capital. O edifício majestoso possui seus 161,22 metros de altura, seus 35 andares, 14 elevadores, 900 degraus e 1.119 janelas, foi considerado nos anos 40 a maior construção de concreto armado do mundo.

Do mirante o raio de visão é de 360º e atinge 40 Km.

Horário de visitação: segunda a sexta,  das 10h às 15h (exceto feriados). É gratuita.

Endereço: Rua João Brícola, 24 – Centro

7- Estação da Luz:

A Estação da Luz é uma estação ferroviária localizada no bairro da Luz.

Ocupa 7,5 mil m² do Jardim da Luz, onde se encontram as estruturas trazidas da Inglaterra que copiam o Big Ben e a abadia de Westminter.

Integra a rede de transportes sobre trilhos, com transferência gratuita para a Estação Luz do Metrô de São Paulo. Sendo um dos seus mais importantes nós, visto que por ela passam ou estão próximas diferentes linhas de trem e metrô. A estação abriga ainda o Museu da Língua Portuguesa (falaremos a seguir).

Entrada franca

Horário de funcionamento: todos os dias, das 4h às 24h.
Endereço: Praça da Luz, 1 – Luz (Metrô Luz).

8- Museu da Língua Portuguesa:

O Museu da Língua Portuguesa, dedicado à valorização e difusão do nosso idioma (patrimônio imaterial), apresenta uma forma expositiva diferenciada das demais instituições museológicas do país e do mundo, usando tecnologia de ponta e recursos interativos para a apresentação de seus conteúdos.

Mais informações aqui.

Ingressos: Inteira: R$ 6,00 / Meia: R$ 3,00

Horários: de terça a domingo, das 10h às 18h, sendo que na última terça-feira do mês o museu fica aberto até às 22h (a bilheteria fecha às 21h).
Não abre às segundas-feiras.
Bilheteria: das 10h às 17h, na última terça-feira do mês das 10h às 21h.

Endereço: Praça da Luz, s/nº.

9- Pinacoteca do Estado:

É um dos mais importantes museus de arte do Brasil.

Na década de 1990, tornou-se uma das mais dinâmicas instituições culturais do país, integrando-se ao circuito internacional de exposições, promovendo eventos culturais diversos e mantendo uma ativa produção bibliográfica.

A Pinacoteca do Estado abriga um dos maiores e mais representativos acervos de arte brasileira, com quase oito mil peças abrangendo majoritariamente a história da pintura brasileira dos séculos XIX e XX.

Horário: Terça a domingo das 10h às 17h30 com permanência até as 18h
Às quintas até as 22h.
Grátis aos sábados. Às quintas, grátis a partir das 17h.

Endereço: Praça da Luz, 2.

10- Bairro da Liberdade:

DSC03471

É um bairro turístico. É conhecido como o maior reduto da comunidade japonesa na cidade, a qual, por sua vez, congrega a maior colônia japonesa do mundo, fora do Japão.

Com muitas lojas, mercadinhos com produtos típicos japoneses. Achei as lojas com uma organização impecável, as frutas lindas, arrumadas nas bancadas.

Olha o sinal de pedestres com o Templo!

DSC03472

 

11- Vila Madalena:

É bastante conhecido por ser um reduto boêmio da cidade de São Paulo.

Lá há grande concentração de bares e casas noturnas, além da escola de samba Pérola Negra.

Uma das características mais pitorescas do bairro é o nome de suas ruas. São nomes líricos como: Paulistânia, Harmonia, Girassol, Purpurina, Wisard e Original. Isso permite que o bairro tenha esquinas sugestivas como a “Harmonia com Purpurina”.

Abriga uma concentração ímpar de ateliês e centros de exposições artísticas. Lojas de vanguarda e escolas de música e teatro também fazem a cara do lugar.

Saiba mais aqui.

12- Museu do Ipiranga:

Também conhecido como Museu Paulista da Universidade de São Paulo é parte do conjunto arquitetônico do Parque da Independência.

É responsável por um grande acervo de objetos, mobiliário e obras de arte com relevância histórica, especialmente aquelas que possuem alguma relação com a Independência do Brasil e o período histórico correspondente.

Mais informações aqui.

Endereço: Parque da Independência, s/n.º – Ipiranga.

13- Parque da Independência:

Encontram-se: praça para eventos, estacionamento, pista de Cooper, aparelhos de ginástica, playground, área de estar, sanitários, chafariz com fonte e cascata.

Em sua área está a Casa do Grito (SMC), o Monumento da Indepêndência e Cripta Imperial , o Museu Paulista e, nos limites do parque, o Museu de Zoologia (USP).

Saiba mais aqui.

Horário: diariamente das 5h às 20h.

Endereço: Av. Nazareth, s/nº – Ipiranga.

14- Rua 25 de Março:

Famosa rua de comércio popular em São Paulo.

É um dos mais movimentados centros de compras varejistas e atacadistas da cidade.

Prepare-se para andar muito! É muita gente andando para todos os lados.

Lá vemos os mais variados produtos, mas o que mais vi foram bijuterias e produtos chineses (muita loja de capa de celular).

Dizem que quem vai lá não sai sem comprar alguma coisa.

Mais informações aqui.

15- Jardim Botânico:

Tem estufas que, além da bela arquitetura, servem como espaço para exposição de biomas brasileiros. Bom para passear, descansar, aprender sobre a natureza.

O Jardim Botânico está inserido numa Unidade de Conservação e seu compromisso primordial é com a conservação à pesquisa científica e a educação.

Mais informações aqui.

Horários: De terça a domingo e feriados, das 9 às 17 horas.

No horário de verão: aberto das 9 às 18 horas.

INGRESSOS:
Estudantes/Idoso acima de 60 anos…………………..R$ 2,50
Público em geral…………………………………………R$ 5,00

Endereço: Av. Miguel Stéfano, 3031 – Água Funda.

16- Dicas de Alimentação:

Este é o Virado à Paulista.

Sujinho: restaurante ou hamburgueria.

Recomendo! Prato muito bem feito, bem servido, dependendo da fome, dá para duas pessoas.

Mais informações aqui.

Almanara: comida árabe.

Recomendo! Muito bom.

Mais informações aqui.

Agora citarei os indicados como “o melhor de SP”:

– melhor pastel: Pastelaria Yokoyama

-melhor coxinha: Bar Veloso

-melhor chopp: Bar Prainha Paulista

-melhor lanche Bauru: Ponto Chic

17- Shopping:

– Pátio Paulista: mais informações aqui.

Endereço: Rua Treze de Maio, 1947, Bela Vista.

– Cidade Jardim: mais informações aqui.

Endereço: Av. Magalhães de Castro, 12.000 | Marginal Pinheiros, pista local, entre as pontes Cidade Jardim e Morumbi.

– JK Iguatemi: mais informações aqui.

Endereço: Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041 Itaim Bibi.

 

São Paulo é uma cidade grande, de muitos constrastes, com muita coisa para conhecer, cheia de cultura, diversão, gastronomia.

Confesso que a cidade me surpreendeu! Como qualquer outra cidade tem suas belezas e suas mazelas, mas recomendo a visita!

Aproveitem as dicas e programem sua visita a São Paulo e se forem durante a Copa 2014 aproveitem muito os jogos!

Queria aproveitar e fazer um agradecimento especial a todos que me deram dicas para minha viagem a Sampa e também para os que deram dica para fazer este post. Obrigado!

Viajantes, até o próximo post com outra sede para a Copa 2014 no Brasil!

 

Veja também:

1- Salvador

2- Belo Horizonte

3- Manaus

4- Rio de Janeiro

5- Brasília

6- São Paulo

7- Curitiba

8- Recife

Anúncios

11 comentários sobre “Sedes da Copa 2014 – São Paulo.

  1. Pingback: Sedes da Copa 2014 – Brasília. | Amigas Viajantes

  2. Pingback: Sedes da Copa 2014 – Rio de Janeiro. | Amigas Viajantes

  3. Pingback: Sedes da Copa 2014 – Manaus. | Amigas Viajantes

  4. Pingback: Sedes da Copa 2014 – Belo Horizonte. | Amigas Viajantes

  5. Pingback: Sedes da Copa 2014 – Salvador | Amigas Viajantes

  6. Pingback: Sedes da Copa 2014 – Curitiba | Amigas Viajantes

  7. Pingback: Sedes da Copa 2014 – Recife. | Amigas Viajantes

  8. Pingback: Sedes da Copa 2014 – Natal. | Amigas Viajantes

  9. Pingback: Sedes da Copa 2014 – Cuiabá. | Amigas Viajantes

  10. Pingback: Sedes da Copa 2014–Porto Alegre | Amigas Viajantes

  11. Pingback: Sedes da Copa 2014: Fortaleza | Amigas Viajantes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s