Carnaval de Rua do Rio de Janeiro

clip_image002

Olá viajantes! Prontos para a folia? Isquindô, Isquindô! A Carol já contou um pouquinho sobre os Caranavais pelo mundo (aqui) e hoje vou contar para vocês um pouco sobre o Carnaval de rua e seus blocos.

Os primeiros blocos licenciados pela polícia datam de 1889. Somente no século 20, sob a organização da elite cultural e da imprensa, o que hoje chamamos de bloco ganhou força. Vários desses blocos abriram caminho lá pelos anos 30 para as escolas de Samba que conhecemos hoje.

Os blocos estão associados aos bairros e estão espalhados por todas as regiões do Rio de Janeiro, arrastando centenas de milhares de pessoas durante suas passagens. Em 2010 eram mais de 500 os blocos oficiais, fora os menores que não entram na contagem da prefeitura.

Os blocos são democráticos e tem para todos os gostos, públicos e idades. Você pode brincar ao som de marchinhas e até de músicas do Chico Buarque!

Durante muito tempo os blocos de rua foram “brincadeiras de amigos” que se reuniam, muitas vezes fantasiados, para pular o carnaval. Hoje em dia mobiliza a cidade, com esquema de trânsito diferenciado, gerando renda e emprego. Alguns tem até patrocínio e site.

O bloco oficial mais antigo do Rio de Janeiro é o Cordão do Bola Preta, fundado em 1918. Saindo tradicionalmente todo sábado de Carnaval na Av. Rio Branco no Centro. Em 2012 atraiu cerca de 2,5 milhões de pessoas de acordo com a PMRJ.

clip_image004

O tradicional Cordão do Bola Preta

Os blocos geralmente tem nomes irreverentes e engraçados ligados ao bairro que saem, como Suvaco do Cristo (sai na Jardim Botânico embaixo do “suvaco do Cristo”mesmo! rsrsrs) , Imprensa que eu Gamo (bloco fundado por jornalistas), Balanço do Pinto (sai na Rua Pinto de Figueiredo no Maracanã), Largo do Machado mas não largo do Copo (sai no Largo do Machado)…

clip_image006

O Suvaco arrasta milhares de pessoas pelo Jardim Botânico

Os mais conhecidos e populares são Banda de Ipanema, Simpatia é quase Amor, Suvaco do Cristo, Bola Preta, Banda da Carmen Miranda, Bloco das Carmelitas, Monobloco, Bloco da Preta e Cacique de Ramos.

clip_image008

O super popular Monobloco

Não posso dizer qual o melhor, porque, né? Gosto não se discute! Mas, vale ressaltar que cada bloco tem sua “personalidade” e consequentemente sua frequência. Uns são mais família, outros mais liberais. Então vale a pena dar uma pesquisada antes de cair na folia para não levar nenhum susto! Rsrsrsrs

clip_image010

Banda de Ipanema. Um bloco mais “liberal”

Confira a agenda dos blocos do Rio aqui e aqui

Pensa que só os adultos podem se divertir? Que nada! As crianças também tem vez! Em muitos blocos é possível levar as crianças, mas elas também ganham blocos exclusivamente infantis, como o Spantinha, o Minibloco, a Bandinha de Ipanema e o Largo do Machado, mas não largo do suquinho (FOFOOOOOO!). Além dos blocos, muitos clubes tem bailinhos infantis para levar o seu pequeno folião! Mas atenção! Por mais que aquela fantasia de princesa que foi comprada na Disney seja linda, veja se sua filha não vai derreter com ela! O mesmo vale para os super heróis! Rsrsrsrs

clip_image012

Bateria do Spantinha!

clip_image014

Os foliões do Largo do Machado, mas não largo do Suquinho! (não guento esse nome!)

Confira aqui a agenda dos blocos e bailes infantis.

O Globo

1001 Roteirinhos

Roteirinho Carioca

Catraca Livre

E aí, bora pro bloco? Não se esqueça! Leve somente o necessário, se hidrate bastante e cuidado com o celular! Beijos, bom Caranaval e até o próximo!

Anúncios

2 comentários sobre “Carnaval de Rua do Rio de Janeiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s